TICs e relações afetivo-produtivas na agricultura familiar

Ada Cristina Machado Silveira

Resumo


O artigo comenta aspectos de pesquisa que relaciona as relações afetivo-produtivas em sua interseccionalidade com a temática da agricultura familiar. O objetivo geral concentrou-se em identificar os valores associados à atuação das mulheres na gestão das relações de gênero da agricultura familiar, tomadas como mediadoras das relações afetivo-produtivas através do uso das TICs. A análise da evolução do tema na literatura científica na primeira década do século XXI permite conhecer as características da inclusão digital no mundo rural brasileiro.

Palavras-chave


TICs; Agricultura familiar; Gênero; Desenvolvimento Rural

Referências


BRASIL, Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Secretaria de Agricultura Familiar (SAF), Grupo de Trabalho Ater. Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural: Versão Final: 25/05/2004.

CABRERA, L. C.; SILVEIRA, A. C. M. Conteúdos da internet dirigidos às comunidades rurais. Datagramazero, Rio de Janeiro, v.13, n.1, p. 01-15, 2012.

CAMARANO, A.; ABRAMOVAY, R. Êxodo rural, envelhecimento e masculinização no Brasil: panorama dos últimos cinquenta anos. Rio de Janeiro: IPEA, 1999.

SCHWARTZ, C. A recepção das tecnologias de informação e comunicação entre os agricultores familiares de Santa Maria, Rio Grande do Sul. 2007. Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Santa Maria, RS, Santa Maria, RS, 2007.

SCHWARTZ, C. Relações de gênero e apropriação de TICs na agricultura familiar. 2012. Tese (Doutorado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Santa Maria, RS, Santa Maria, RS, 2012.

SILVA, M. G. e. A apropriação das TICS por extensionistas e agricultores familiares: Possibilidades para o desenvolvimento rural. 2012. Tese (Doutorado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Santa Maria, RS, Santa Maria, RS, 2012.

SILVEIRA, A. C. M.; SCHWARTZ, C. Brasil rural como espaço de oportunidades e privações. Representações de uma categoria em transformação. Revista Mídia e Cotidiano, Niterói, v.11, n. 2, p. 63-81, 2017.

SODRÉ, M. Antropológica do espelho: uma teoria da comunicação linear e em rede. Petrópolis: Vozes, 2002.

VIERO, V. C. TICs no mundo rural brasileiro: estudo de caso do monitoramento on line do Projeto Irriga. 2009. Dissertação (Mestrado em Extensão Rural) - Universidade Federal de Santa Maria, RS, Santa Maria, RS, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Apresentação | Template para submissão de trabalhos | Expediente | Foco e Escopo | Políticas de Seção | Política de Acesso Livre | Política de Privacidade | Processo de Avaliação pelos Pares | Periodicidade | Declaração de Direito Autoral | Diretrizes para Autores | Normas para Publicação | Submissões Online | Corpo Editorial | Contato | Patrocínio da revista | Mapa do Portal