Domínio intelectual da literatura de acesso a dados de agricultura na ciência da informação

Jacquelin Teresa Camperos Reyes, Ricardo César Gonsalves Sant'Ana

Resumo


A conjuntura delineada pela sociedade da informação desenha um entorno onde uma das características salientes é a possibilidade de se acessar grandes quantidades de recursos informacionais e integrar nos ambientes informacionais diversas áreas temáticas. Uma atividade econômica influente que em modo general é desenvolvida em regiões e comunidades em vias de desenvolvimento é a agricultura, e ela configura uma área temática dentre tópicos a serem discutidos no contexto local. Consideram-se foco desta pesquisa, estudos relacionados com o acesso a dados, questionando-se acerca de quais os sujeitos pesquisadores que estão gerando pesquisas que envolvam acesso a dados no contexto da agricultura, bem como aqueles sujeitos que embasam ditos estudos. Pretende-se identificar o domínio intelectual na produção científica, neste caso indexada na Web of Science (WoS), examinando proveniências geográficas, temporariedades das pesquisas, indicadores de produção, e indicadores de impacto. A pesquisa utilizou-se da revisão de literatura para coletar os dados na WoS, pesquisando trabalhos mediante os termos (data access) e (agriculture), obtendo 24 documentos, dos quais 10 atingiam o alvo do estudo, desenvolvendo nesta coleta estudo bibliométrico, observando os autores citantes e os autores citados. Os autores que produziram os estudos foram 21, com origem desde todos os continentes do mundo, tendo destaque a África. Um conjunto de 15 autores foram identificados como os mais influentes nas pesquisas, sendo o autor mais citado Lwoga, E.T., da Tanzânia. Determinou-se a existência de pesquisas indexadas que estão publicando no contexto de acesso a dados na agricultura, observando a participação de pesquisadores vinculados com a Ciência da Informação e com outras áreas do conhecimento. Seria interessante dissertar sobre o fato da pouca discussão originada no continente americano, e que sendo originadas partindo da Ciência da Informação poderiam fornecer subsídios a áreas que impactam indicadores de desenvolvimento econômico e social como a agricultura.

Palavras-chave


Acesso a dados; Agricultura; Estudos bibliométricos; Ciência da Informação; Informática Comunitária

Referências


BARTOL, T. International networked collection and dissemination of slovenian agricultural bibliographic information. International Forum of Information and Documentation, v. 21, n. 4, p.5-10, 1996.

GURSTEIN, Michael. What is community informatics? Milan: Polimetrica, 2007.

HJØRLAND, Birger. Domain analysis in information science: eleven approaches–traditional as well as innovative. Journal of documentation, v. 58, n. 4, p. 422-462, 2002.

LAWRENCE, G. W. US agricultural statistics on the internet: extending the reach of the depository library. Journal of Government Information, v. 23, n. 4, p. 443-452, 1996.

OLIVEIRA, E. F. T. de; GRÁCIO, M. C. C. Indicadores bibliométricos em Ciência da Informação: análise dos pesquisadores mais produtivos no tema “estudos métricos” na base Scopus. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 16, n. 4, p. 16-28, out./dez. 2011.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A ALIMENTAÇÃO E A AGRICULTURA (FAO). Organizações para a cooperação e o desenvolvimento econômico. Perspectivas Agrícolas 2015. Paris: OECD Publishing, 2015.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A ALIMENTAÇÃO E A AGRICULTURA (FAO). “E-agriculture” a definition and profile of its application. 2005. Disponível em: http://www.fao.org/e-agriculture/news/e-agriculture-definition-and-profile-its-application-2005. Acesso em: 24 jul. 2018.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A ALIMENTAÇÃO E A AGRICULTURA (FAO). 2018a. E-agriculture members. Disponível em: http://www.fao.org/e-agriculture/members. Acesso em: 25 jul. 2018.

PESCE, V. et al. A distributed architecture for harvesting metadata describing organizations in the agriculture sector. In: SICILIA, M. A.; LYTRAS, M. D. Metadata and semantics. Springer, Boston, MA, 2009. p. 509-514.

VANZ, S. A. de S.; CAREGNATO, S. E. Estudos de citação: uma ferramenta para entender a comunicação científica. Em Questão, Porto Alegre, v. 9, n. 2, p. 295-307, jul./dez. 2003.

VERHULST, S. G.; YOUNG, A. Open data in developing economies toward building an evidence: toward building an evidence base on what works and how. New York: Governance Lab, New York University, 2017. Disponível em: https://data.opendevelopmentmekong.net/lo/dataset/df81cdc2-0d3b-429e-bb79-e13cfda969dd/resource/49b862e0-1849-45ba-93b0-f8de51a9b010. Acesso em: 30 jun. 2018.

WEB OF SCIENCE. 2018. Disponível em: http://apps-webofknowledge.ez87.periodicos.capes.gov.br/WOS_GeneralSearch_input.do>. Acesso em: 6 jul. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Apresentação | Template para submissão de trabalhos | Expediente | Foco e Escopo | Políticas de Seção | Política de Acesso Livre | Política de Privacidade | Processo de Avaliação pelos Pares | Periodicidade | Declaração de Direito Autoral | Diretrizes para Autores | Normas para Publicação | Submissões Online | Corpo Editorial | Contato | Patrocínio da revista | Mapa do Portal