Automação no processo de irrigação na Agricultura Familiar com plataforma Arduíno

Kianne Crystie Bezerra da Cunha, Rodrigo Vilela da Rocha

Resumo


O pequeno produtor rural tende a não utilizar insumos mecânicos no processo de irrigação devido ao alto custo que os sistemas convencionais de irrigação possuem e em outros casos a falta de conhecimento e orientação técnica faz com que o agricultor tema o uso do sistema. Dessa forma, todo o controle e monitoramento são feitos de forma manual, sem o auxílio de máquinas e essa prática pode acarretar inúmeros problemas provenientes da má irrigação, como desperdício de água, energia e deficit na produção. É difícil depreender quando irrigar, ou quanto de água aplicar no cultivo, mensurar as variáveis de temperatura do solo, temperatura e umidade do ar, etc. Assim, o objetivo deste trabalho é implementar um sistema de irrigação automatizado voltado para a agricultura familiar que seja de baixo custo e acessível ao agricultor. O sistema será capaz de monitorar todos os parâmetros provenientes de uma irrigação. Para que isso ocorra, foram analisadas as principais características da agricultura familiar, plataforma Arduíno e irrigação.

Palavras-chave


Automação; Arduíno; Irrigação; Sensores

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, P. E. P.; DURÃES, F. O. M. Uso e manejo de irrigação. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2007.

ALVARENGA, A. C.; FERREIRA, V. H.; FORTES, M. Z. Energia solar fotovoltaica: uma aplicação na irrigação da agricultura familiar. Sinergia, São Paulo, v. 15, n. 4, p. 311-318, out/dez. 2014.

BATALHA, M. O.; BUAINAIN, A. M.; SOUZA FILHO, H. M. Tecnologia de gestão e agricultura familiar. In: SOUZA FILHO, H. M.; BATALHA, M. O. (orgs.). Gestão integrada à agricultura familiar. São Carlos: EduFSCar, 2005. p. 1 – 19.

BRASIL. Lei n° 11.326, 24 de Julho de 2006. Estabelece as diretrizes para a formulação da Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais. Disponível em: . Acesso em: 21 out. 2015.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Agrário. Dia mundial da alimentação. 2015. Disponível em . Acessado em: 22 out. 2015.

CASTRO, N. Apostila de irrigação. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003. Apostila.

DANTAS NETO, J. et al. Desempenho de sistema de irrigação por gotejamento em áreas de pequenos produtores do semiárido paraibano. Enciclopédia Biosfera: Centro Cientifico Conhecer, Goiânia, v. 9, n. 16, p. 679, 688, jul. 2013. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2015.

EVANS, M.; NOBLE, J.; HOCHENBAUM, J. Arduíno em Ação. São Paulo: Novatec, 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo agropecuário: agricultura familiar: primeiros resultados 2006. Rio de Janeiro, 2006. Disponível em: . Acesso em: 21 out. 2015.

MAROUELLI, W. A.; SILVA, W. L. C. Irrigação na cultura do pimentão. Brasília, DF: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, 2012. (Circular Técnica Embrapa Hortaliças, 101). Disponível Acesso em: 24 out. 2015.

MCROBERTS, M. Arduíno Básico. São Paulo: Novatec, 2011.

SÃO PAULO (Cidade). Prefeitura Municipal. Centro de Gerenciamento de Emergências. Umidade relativa do ar. Disponível em: . Acessado em: 20 Out. 2015.

SEEEDSTUDIO PRODUCTS. Seeedstudio products: grove system. Disponível em: . Acesso em: 18 Nov. 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Apresentação | Template para submissão de trabalhos | Expediente | Foco e Escopo | Políticas de Seção | Política de Acesso Livre | Política de Privacidade | Processo de Avaliação pelos Pares | Periodicidade | Declaração de Direito Autoral | Diretrizes para Autores | Normas para Publicação | Submissões Online | Corpo Editorial | Contato | Patrocínio da revista | Mapa do Portal