Caracterização socioeconômica e práticas produtivas da agricultura familiar em Petite Rivière de Bayonnais, Haiti

Jacques Fils Pierre

Resumo


O presente estudo objetivou-se caracterizar a situação socioeconômica dos produtores e as práticas produtivas adotadas pelos agricultores na região de Petite Rivière de Bayonnais, localizado no município de Gonaives, no departamento de Artibonite. Participaram do trabalho como sujeitos 44 produtores agrícolas de cinco comunidades de Bayonnais. Foram realizadas visitas às diferentes propriedades agrícolas, aplicados formulários, a partir dos quais se determinou que milho, sorgo, arroz, feijão, amendoim, cenoura, beterraba, chalota, cebola verde e pimentão são as principais espécies vegetais cultivadas nessa região, acompanhadas de criação de animais, como a caprinocultura, predominante especialmente nas áreas montanhosas. A agricultura praticada nessa região é de subsistência, por agricultores com baixo nível de educação e baixa renda familiar. Considerando os dados produzidos, as práticas agrícolas adotadas nessa região representam uma ameaça para o desenvolvimento local sustentável, onde existe uma degradação ambiental intensa nas montanhas, especificamente nas regiões onde as principais nascentes estão localizadas. Deste modo, identificou-se na região de Petite Rivière de Bayonnais, sob o olhar dos agricultores, a diminuição do recurso de água nos rios, devido ao desmatamento em todas as montanhas, ocasionando conflitos entre os agricultores pelo acesso à água para as suas plantações na época do inverno. A melhoria do setor agrícola de Bayonnais depende de ações do poder público em relação à energia, água e saneamento básico, pois a capacitação dos agricultores, por si própria, não será suficiente para alcançar as condições mínimas de qualidade de vida para essa população.

Palavras-chave


Agricultura Familiar; Haiti; Pequeno Produtor; Segurança Alimentar; Subsistência

Referências


BAQUERO, F. S.; FAZZONE, M. R.; FALCONI, C. Políticas para la agricultura familiar en América Latina y el Caribe – Resumen ejecutivo. Santiago: FAO, 2007. Disponível em: http://www.fao.org/fileadmin/user_upload/AGRO_Noticias/docs/politicasafresu.pdf. Acesso em: 09 jul. 2019.

CAMPOS, A. P.; GARNER, E. Defining the “Family Farm”. Working paper, Roma: FAO, 2012. 29 p.

Food and Agriculture Organization (FAO). La agricultura de pequeña escala es la solución a la crisis alimentaria, acción frente a la cumbre de la FAO en el año 2009. Semillas de Identidad, Campaña, 2009. Disponível em: http://semillasdeidentidad.blogspot.com/2009/11/la-agricultura-de-pequena-escala-esla.html. Acesso em: 17 abr. 2013.

Food and Agriculture Organization (FAO). Marco estratégico de mediano plazo de cooperación de la FAO en agricultura familiar en América Latina y el Caribe 2012 – 2015. Roma, FAO, 2012. Disponível em: http://www.fao.org/3/as169s/as169s.pdf. Acesso em: 09 jul. 2019.

Food and Agriculture Organization (FAO). El estado de la seguridad alimentaria y la nutrición en el mundo: fomentando la resiliencia climática en aras de la seguridad alimentaria y la nutrición. Roma: FAO, 2018. Disponível em: http://www.fao.org/3/I9553ES/i9553es.pdf. Acesso em: 09 jul. 2019.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GRAHAM, B. Profile of the small-scale farming in the caribbean. Workshop on Small – Scale Farming in the Caribbean. FAO – Initiative Hunger-Free Latin American and the Caribbean, 2012.

Institut Haitien de Statistique Et D'informatique (IHSI). Enquête sur les conditions de vie des ménages en Haiti: 2003. Disponível em: http://www.ihsi.ht/pdf/ecvh/ECVHVolumeI/logement.pdf. Acesso em: 08 jul. 2019.

Instituto Interamericano de Cooperación Para La Agricultura (IICA). Organización de las Naciones Unidas para la Agricultura y la Alimentación 2009. Perspectivas de la agricultura y del desarrollo rural en las Américas 2009. San José-Costa Rica: IICA, 2009. Disponível em: https://www.cepal.org/es/publicaciones/1376-perspectivas-la-agricultura-desarrollo-rural-americas-mirada-america-latina. Acesso em: 02 abr. 2019.

LOUIS, W. Quelle est la contribution de l’agriculture dans le développement économique. Haïti: Edilivre, 2013.

MALETTA, H. Tendencias y perspectivas de la agricultura familiar en América Latina. Documento de Trabajo n° 1. Proyecto Conocimiento y Cambio en Pobreza Rural y Desarrollo. Santiago-Chile: Rimisp, 2011.

Ministère de l’Agriculture des Ressources Naturelles et du Développement Rural (MARNDR). Recensement général de l’agriculture. MARNDR/MICT/ IHSI / CNIGS / FAO/Union Européenne. Port-au-Prince, 2012. p. 19-22.

PEDRINI, A. G. Trajetória da Educação Ambiental. In: PEDRINI, A. G. (org.). Educação ambiental: reflexões e práticas contemporâneas. Petrópolis-RJ: Vozes, p. 199.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Apresentação | Template para submissão de trabalhos | Expediente | Foco e Escopo | Políticas de Seção | Política de Acesso Livre | Política de Privacidade | Processo de Avaliação pelos Pares | Periodicidade | Declaração de Direito Autoral | Diretrizes para Autores | Normas para Publicação | Submissões Online | Corpo Editorial | Contato | Patrocínio da revista | Mapa do Portal